OMIC -A A +A

O Observatório Microbiano dos Açores - OMIC - é um Centro de divulgação científica e tecnológica, que procura promover o conhecimento científico e o acesso às novas tecnologias.

O Observatório Microbiano dos Açores é uma entidade responsável pela promoção e divulgação da importância dos seres vivos microbianos no planeta Terra dando ênfase à biodiversidade Microbiana existente nas nascentes termais açorianas.

Tendo como tema principal os microrganismos, o OMIC pretende estimular o interesse pela ciência e tecnologia, tornando-a acessível ao grande público e em particular, aos jovens, uma vez que constitui apoio didático aos programas escolares, para além de ser oferta turística da região. O Observatório Microbiano dos Açores encontra-se instalado num imóvel com importante valor patrimonial e arquitetónico: antiga Casa de Banhos Termal - Chalé de Misturas, Furnas, numa zona central "Caldeiras", de fácil acesso a estudantes e população em geral.

O Centro apresenta diferentes tipos de espaços com funções múltiplas: o “Expositivo”, constituído por módulos demonstrativos de carácter permanente, assim como módulos de carácter temporário, o “Laboratorial“ no qual os visitantes poderão observar amostras de microrganismos vivos, bem como realizar atividades descritas em protocolos experimentais. Para além de um espaço destinado ao uso de tecnologias informáticas e à pesquisa de informação em Ciência e Tecnologia existe a “Cafetaria Termal” que demonstra as utilizações histórico-culturais das Nascentes Termais.

O Centro também promove a construção de uma cultura científica através de conferências e outras iniciativas de promoção cultural relacionadas com a ciência e com a sociedade, destinadas ao público em geral.

O Observatório Microbiano dos Açores é gerido pela Ponte Norte - Cooperativade de Ensino e Desenvolvimento da Ribeira Grande e integra a rede de Centros de Ciência dos Açores promovida pela Secretaria Regional do Mar, Ciência e Tecnologia.